Journal Information
Vol. 26. Issue S1.
(January 2022)
Share
Share
Download PDF
More article options
Vol. 26. Issue S1.
(January 2022)
PI 226
Open Access
FUNGEMIA POR PAPILIOTREMA (CRYPTOCOCCUS) LAURENTII FUNGEMIA EM PACIENTE BRASILEIRO COM SARS-COV-2
Visits
...
Flavio de Queirioz Telles Filhaoa, Regielly Caroline Raimundo Cogniallila, Gabriela Felbera, Morgana Ferreira Voidaleskia, Vania Vicentea, Larissa M. Favarettob, Gessica Mylena Santana Regoa, Arnaldo Colombob, Flavio de Queiroz Tellesa
a Universidade Federal do Paraná (UFPR), Curitiba, PR, Brasil
b EPM, Curitiba, PR, Brasil
Article information

Papiliotrema laurentii (Cryptococcus laurentii), é raramente associado a infecções humanas. Entretanto, nas últimas décadas, o número de infecções por não-C.neoformans aumentou,incluindo P. laurentii e C. albidus. Fungemia por espécies não-neoformans tem sido descritas em pacientes imunocomprometidos (AIDS,doenças linfoproliferativas,corticoesteróides,sarcoidose e TOS). Feminina 54 anos, obesa, diabetes mellitus tipo 2, cardiopata e hipertensa. Admitida com tosse e dispneia, evoluindo com insuficiência respiratória e Sars-Cov-2 por RT-PCR. Transferida para UTI e tratada com o protocolo para COVID-19. Em 4 dias,evoluiu com piora da função renal e hipotensão com indicação de hemodiálise. Apresentou instabilidade hemodinâmica refratária e vasopressores, sendo coletadas amostras de hemocultura, recebendo pipetazobactam 4,5 g 6/6h.Após 10 dias foi identificado P. laurentii, (sequenciamento D1/D2, ITS1 e ITS4). Teste de suscetibilidade in vitro (CLSI M27ED4) para AMB), FLUCO) e VORICO = 0,25, 8 e 0,125 µg, respectivamente.Iniciado AMB 50 mg/dia + FLUCO-800 mg/dia. Amostras deLCR coletadas LCR revelaram redução progressiva de proteína e leucócitos. Hemoculturas foram negativas após 2 semanas e um mês do início da terapia. AMB foi suspenso após 12 dias,com manutenção do FLUCO por 84 dias. Após 78 dias de ventilação mecânica e 107 dias em UTI,paciente foi transferida para enfermaria de reabilitação, recebendo alta em 09/11/2020 com oxigênio via traqueostomia. P. laurentii é raramente associado a infecção humana. A imunossupressão induzida pela COVID-19, associada ao uso de corticoesteróides e dispositivos invasivos pode ser relacionada a infecção por patógenos incomuns, como P. laurentii. Considerando a vulnerabilidade a co-infecções em pacientes com COVID-19, a suspeita precoce e identificação do agente etiológico é fundamental pararedução de mortalidade. Tratamento recomendado para infecções por não-C.neoformans é limitada devido a pouca quantidade de casos e falta de estudos clínicos. Para fungemia por P. laurentii, AMB é usado para diversos casos, com tempo médio de 25 dias. FLUCO também têm sido utilizado em alguns pacientes com fungemia, por 17 dias em média. Poucos dados estão disponíveis para o tratamento de meningite, com alguns casos tratados com sucesso com indução com AMB seguido de manutenção com FLUCO por longo período.

Full text is only aviable in PDF
The Brazilian Journal of Infectious Diseases

Subscribe to our newsletter

Article options
Tools