Journal Information
Vol. 22. Issue S1.
11° Congresso Paulista de Infectologia
Pages 27 (December 2018)
Share
Share
Download PDF
More article options
Vol. 22. Issue S1.
11° Congresso Paulista de Infectologia
Pages 27 (December 2018)
OR‐51
Open Access
ANÁLISE DAS TAXAS DE SWITCH DA TARV PARA ESQUEMAS CONTENDO DOLUTEGRAVIR EM PACIENTES COM SUPRESSÃO VIRAL
Visits
...
Gustavo Mizuno, Debora Lopes Teixeira Lopez, Herlla Ignez Gonzalez, Maria Silvia Paulista Guerra, Harumi Miriam Miyamoto, Marise Davila Macedo
Centro de Referência e Treinamento em DST/Aids, São Paulo, SP, Brasil
Article information
Full Text
Download PDF
Statistics
Tables (1)
Full Text

Data: 19/10/2018 ‐ Sala: 5 ‐ Horário: 15:40‐15:50 ‐ Forma de Apresentação: Apresentação oral

Introdução: Em 12/abr/2018, o Ministério da Saúde publicou a Nota Informativa n° 03/2018 com as recomendações nos casos de substituição (switch) de esquemas de terapia antirretroviral com ITRNN ou IP/r por dolutegravir 50mg (DTG) para pacientes com supressão viral. A partir dessa publicação, a Farmácia do CRT‐DST/Aids‐SP começou a monitorar as substituições para avaliações futuras de segurança e tolerabilidade do novo esquema e a analisar o padrão de consumo das novas drogas.

Objetivo: Analisar a taxa de substituição dos esquemas com ITRNN ou IP/r, em pacientes com carga viral indetectável, sem falha terapêutica prévia e em uso regular da TARV, para esquemas contendo Dolutegravir.

Metodologia: Análise das prescrições dispensadas na Farmácia do CRT‐DST/Aids, que solicitaram switch entre 13/abr/2018 a 13/ago/2018

Resultado: Foram feitas 762 trocas.

Os seguintes resultados foram encontrados:Esquema prévioN° de switches para DTG+TBO (n=762)ATV/r+TBO166‐21,78%DRV/r+TBO70‐9,19%LPV/r+TBO01‐0,13%EFZ+TBO491‐64,44%NVP+TBO34‐4,46%

Na tabela abaixo, observamos o número de trocas para esquemas com DTG+TBO em relação ao total de pacientes em uso de determinados esquemas:

Esquema atual  N° de pacientes no esquema atual  N° de switches para DTG+TBO em relação ao Esquema Atual 
ATV/r+TBO  1598  10,38% 
DRV/r+TBO  1300  5,38% 
LPV/r+TBO  10  10% 
EFZ+TBO  4998  9,82% 
NVP+TBO  387  8,78% 

Discussão/conclusão: A Farmácia do CRT‐DST/Aids tem cerca de 30.000 pacientes cadastrados em 2018. Pelos resultados, observamos que a taxa de switch para esquemas com DTG, em pacientes com uso prévio de ITRNN ou IP/r em supressão viral, está entre 5% a 10%, que é um valor expressivo considerando quatro meses do início das mudanças (13/04/2018). Das 762 trocas feitas, quatro pacientes tiveram intolerância, que corresponde a 0,5% dos casos. Concluímos que o switch foi seguro e tolerável pela maioria da amostra estudada.

The Brazilian Journal of Infectious Diseases

Subscribe to our newsletter

Article options
Tools